Planos de aula de Ciências – Nova Escola

Desde novembro de 2017, estou envolvida com a produção dos Planos de Aula de Ciências que, agora, estão no ar. Foi um grande desafio aprofundar os estudos da BNCC, recém aprovada em dezembro, e elaborar uma estrutura que considerasse a investigação como uma premissa das aulas de Ciências. Além de toda a experiências de maisContinuar lendo “Planos de aula de Ciências – Nova Escola”

Etapas de apropriação das tecnologias digitais

A formação docente para a utilização das tecnologias digitais deve considerar diferentes contextos. Entre eles, e sobretudo, o tempo de apropriação das tecnologias digitais em situações de ensino e aprendizagem por parte dos educadores. Essa não é uma ação que ocorre de um dia para o outro. Estudos demonstram que se trata de um movimentoContinuar lendo “Etapas de apropriação das tecnologias digitais”

Educação e cultura

A escola é a instituição que possibilita a manifestação e análise das concepções culturais de uma população. Estudantes apresentam concepções resultantes de seu dia a dia, conceitos considerados cotidianos e, na escola, têm a oportunidade de contrastá-los com os conceitos estruturantes, sistematizados.

Metodologias ativas: desafios e possibilidades

Uma excelente infraestrutura não é o suficiente: a mudança da cultura escolar para a implementação de metodologias ativas não ocorre do dia para a noite e requer espaço de experimentação e de reflexão do grupo para que surta efeito.

O que é inovar na educação?

Inovação tem sido tema recorrente em encontros, seminários, congressos de educação. Frequentemente, sou convidada a falar sobre o tema, tendo como foco as metodologias ativas, a aprendizagem por projetos, o ensino híbrido. Muitas vezes, inovar na educação é atrelado ao contexto de uso das tecnologias digitais na rotina escolar, levando as instituições a adquirirem recursosContinuar lendo “O que é inovar na educação?”

Colaboração, feedback e personalização nas metodologias ativas

Colaboração é uma das vantagens de utilização de abordagens que consideram a interação entre pares, como é comum nas metodologias ativas. A organização do espaço possibilita a colaboração e, também, a personalização uma vez que  a possibilidade da oferta de feedback às realizações de professores e de estudantes serão mais efetivas.

Redes sociais: inimigas ou aliadas na sala de aula?

As redes sociais fazem parte da vida dos alunos e educadores e, por isso, adentram o espaço da escola quase que “involuntariamente”. Nesse aspecto, compreender esses repertórios e integrá-los em projetos que se apropriem educacionalmente desses recursos, identificando seu potencial pedagógico é o propósito deste curso de extensão que irei coordenar, no segundo semestre, noContinuar lendo “Redes sociais: inimigas ou aliadas na sala de aula?”

Ensino de Ciências e a BNCC

A participação como assessora no projeto Time de Autores da revista Nova Escola tem possibilitado o mergulho nas possibilidades e nos desafios de implementação da BNCC no Ensino Fundamental. Desde o início do projeto, preocupei-me com a elaboração de propostas que, mais do que oferecer possibilidades dos professores consultarem planos de aula de Ciências alinhadosContinuar lendo “Ensino de Ciências e a BNCC”

Entrevista com Anne Baldisseri sobre Flag Time – Hora do Desafio®

Na coluna da eduqa.me,  apresento o resultado da entrevista realizada com Anne Baldisseri, Head of Primary Division na Avenues, sobre o Flag Time, proposta que valoriza a personalização por meio do levantamento de dados dos estudantes das séries iniciais. Personalização nos anos iniciais Em todas as etapas da escolarização, é um desafio para os professoresContinuar lendo “Entrevista com Anne Baldisseri sobre Flag Time – Hora do Desafio®”

Especial da Geekie sobre ensino híbrido

“De acordo com a especialista Lilian Bacich, “o ensino híbrido é uma mistura metodológica que impacta a ação do professor em situações de ensino e a ação dos estudantes em situações de aprendizagem”. Essa abordagem é uma grande tendência para a educação no novo milênio, que consiste na integração de diferentes momentos de aprendizagem paraContinuar lendo “Especial da Geekie sobre ensino híbrido”